O ESCAFANDRO E A BORBOLETA

Filme francês. Nele, Jean-Dominique Bauby (Mathieu Amalric) tem 43 anos, é editor da revista Elle e um apaixonado pela vida. Mas, subitamente, tem um derrame cerebral. Vinte dias depois, ele acorda. Ainda está lúcido, mas sofre de uma rara paralisia: o único movimento que lhe resta no corpo é o do olho esquerdo. Bauby se recusa a aceitar seu destino. Aprende a se comunicar piscando letras do alfabeto, e forma palavras, frases e até parágrafos. Cria um mundo próprio, contando com aquilo que não se paralisou: sua imaginação e sua memória.

 

 Parte I

 

Parte II

 

Adriano Freitas
Profissional de Informática
(Tecnologia da Informação, TI) e
Neurociência aplicada à Educação
Nova Friburgo, RJ / Rio das Ostras, RJ
Barra de São João, RJ

free joomla templatesjoomla templates
2018  - Adriano Freitas - Especialista em Neuroaprendizagem (Neurociências x Educação)